Trilhando a Laguna Cuicocha - O Guia Completo

Trilhando a Laguna Cuicocha – O Guia Completo

Este post é um dos guias mais completos sobre a trilha em volta da Laguna Cuicocha, mais precisamente no Sandero Las Orquídeas. Nele você vai encontrar as informações e as dicas necessárias para concluir com segurança e sucesso o seu hiking pela região.

A gente vai te dar uma visão geral da trilha pela Laguna Cuicocha e responder as perguntas mais frequentes como, por exemplo, melhor época para ir, custo, mal de altitude, dentre outras coisas!


Por Assunto


Mais sobre a Laguna Cuicocha e o Sandero Las Orquídeas

Laguna Cuicocha, Equador.

A Laguna Cuicocha é uma lagoa situada nos arredores da cidade de Otavalo que está localizada a quase 3100 metros de altitude. O nome Cuicocha pode ter várias explicações possíveis, dentre elas “laguna de arco iris” ou “laguna de los Dioses“. A lagoa foi formada após uma erupção massiva há mais de 3000 anos. O vulcão que formou a lagoa se encontra adormecido desde então. As ilhas em seu interior são enormes domos de lava e tem acesso proibido ao público. Entretanto, existem passeios de barco que percorrem a lagoa e as ilhas, com duração de 20 minutos.

Trilha Laguna Cuicocha - Sandero Las Orquídeas, Laguna Cuicocha - Equador.
Sandero Las Orquídeas, Laguna Cuicocha – Equador.

Pros amantes de uma boa trilha, a Laguna Cuicocha possui uma trilha que circunda a lagoa. A trilha, chamada de Sandero Las Orquídeas, tem uma extensão de 14 quilômetros, com inúmeros mirantes e pode ser feita normalmente entre 4 e 5 horas. É uma bela experiência pra quem quer conhecer mais a região ao redor da cidade de Otavalo (na região, vale também o passeio pelo famoso mercado artesanal indígena).

Qual é a melhor época do ano para ir?

Não existe época ruim para fazer o hiking em torno da Laguna Cuicocha. A época seca que vai de junho a agosto e de dezembro a fevereiro são os melhores meses para fazer a trilha, devido às condições climáticas favoráveis (menos chuvas e mais chances de belas vistas).

Como chegar?

A forma mais simples (se você não alugar um carro ou coisa do tipo) é ir para a Laguna Cuicocha usando um misto de transporte público e táxi. O ponto de partida é a cidade de Otavalo. O itinerário é simples:

  1. Chegue primeiramente a Otavalo. Os ônibus de Quito para a cidade partem do Terminal Terrestre Carcelén ao norte da cidade de Quito. A passagem pra Otavalo custa USD 2,5 por pessoa e dura cerca de 2,5 horas.
  2. No terminal de Otavalo (coordenadas), pegue um ônibus na direção de Cotacachi. Ele vai te custar algo em torno de USD 0,35.
  3. Quando estiver no ônibus, peça para descer em Quiroga, um pequeno povoado de onde saem os táxis rumo à Laguna Cuicocha.
  4. Na praça principal de Quiroga, você vai ver várias caminhonetes brancas estacionadas. A viagem de Quiroga até a Laguna Cuicocha dura 15 minutos e custou 5 dólares (só ida).
  5. O retorno é a mesma coisa, só que no sentindo inverso. Combine a hora de voltar com o taxista que te deixou na ida. A Laguna Cuicocha fica bem afastada da cidade e não é tão simples conseguir um táxi pra voltar. Combinamos o nosso para 13h30 (chegamos às 9h da manhã) e deu tudo certo. Na hora marcada, o motorista já estava nos esperando no local onde nos deixou.
Trilha Laguna Cuicocha - Centro de Interpretación Cultural "Cuicocha", ponto de partida da trilha em volta da Laguna Cuicocha.
Centro de Interpretación Cultural “Cuicocha”, ponto de partida da trilha em volta da Laguna Cuicocha.

Recomendo chegar bem cedo. Você vai pegar a trilha vazia e vai voltar com tempo para descansar (seja para Otavalo ou para Quito). Não aconselho fazer a trilha vindo direto de Quito, pois, você vai começar tarde e cansado por causa da viagem. Vá no dia anterior, aproveite o Mercado de Artesanato da cidade de Otavalo (tem comidinhas deliciosas) e no dia seguinte faça o hiking. A gente voltou pra Quito no mesmo dia do hiking, mas você pode escolher descansar mais uma noite em Otavalo.

Qual o nível de dificuldade? Devo estar em forma?

O hiking pelo Sandero Las Orquídeas pode ser considerado como fácil a moderado. O que dificulta um pouco é a altitude. Nos lugares da trilha onde pode haver mais perigo, eles construíram apoiadores pra ajudar dar suporte na subida e aumentar a segurança. Posso dizer que esse hiking é um daqueles bem gostosos, que faz você conseguir apreciar as vistas e o caminho ao invés de se preocupar demais com a segurança ou o estado da trilha propriamente dito.

Agora se você precisa está em forma ou não, eu diria que sim. 14 quilômetros de trilha em uma altitude de 3000 metros (ponto mais alto à quase 3450 metros) pode ser bem exigente para quem não pratica nenhuma atividade física. A gente usou a Laguna Cuicocha como primeiro passo de preparação rumo ao cume do Cotopaxi e treinamos bastante para isso. Quando fizemos o hiking, achamos bem agradável, mas mesmo assim a gente sentiu algum cansaço e dor de cabeça principalmente no dia seguinte ao hiking.

Com relação ao mal de altitude, devo me preocupar?

Sim! O ponto mais alto do hiking vai ser em torno de 3450 metros. A essa altitude, você vai sentir um pouco o efeito na respiração, principalmente fazendo esforço físico. Não vai ser nada comparável ao que você vai ter em uma montanha de 5000 ou mais metros, mas já é notável.

O importante é sempre manter um ritmo tranquilo e constante, beber bastante água e não acelerar ou querer terminar o mais rápido possível (ansiedade matou o gato). Por isso é importante chegar cedo e fazer a trilha com calma. Mal de altitude é coisa séria e pode matar se não evitado ou tratado.

E com relação a segurança (assaltos, furtos, etc…)?

Posso dizer que a trilha é bem segura e relativamente bem frequentada. Durante as minhas pesquisas, não li nada relacionado com assaltos, furtos, ou falta de segurança da trilha. Mas devido a dificuldade de acesso, você vai encontrar muito menos pessoas do que em outros lugares, como na Laguna Quilatoa. Por isso, não recomendo que você faça o hiking sozinho(a). Se não tiver opção e não quiser contratar um guia, vá com todo o cuidado e atenção. Precaução nunca é demais.

Preciso de um seguro de viagem especial?

É muito provável que o seu seguro de viagem do trabalho, privado ou do cartão de crédito não cubra acidentes e despesas médicas decorrentes de atividades como hiking durante sua viagem. Por isso, a primeira coisa que a gente recomenda é verificar diretamente com o seu seguro se ele cobre esse tipo de atividade. Caso ele não cubra, existem vários bons seguros de viagem que vão garantir sua segurança durante a trilha pelo Sandero Las Orquídeas. A gente recomenda o seguro de viagem da WorldNomads. Ter um bom seguro de viagem vai fazer você economizar com taxas relacionadas a hospitalização, resgate, remédios, etc., e de quebra, pode salvar a sua vida, literalmente!

Preciso de alguma permissão especial?

Definitivamente não. O governo do Equador não impõem nenhum tipo de restrição pra quem quer fazer a trilha em torno da Laguna Cuicocha. Entretanto, todos os turistas são obrigados a se registrar (passaporte necessário) na entrada do parque Cotacachi-Cayapas.

É uma boa ideia contratar um guia?

A resposta é não. É totalmente possível fazer a trilha na Laguna Cuicocha sem guia com toda a segurança possível (foi assim como a gente fez). Agora, se você sente mais confiança com um guia ou está viajando sozinho(a), aí a gente recomenda que contrate um. Vimos várias pessoas com guias, principalmente acompanhando pessoas mais velhas. Se for contratar algum guia, sugiro fortemente que você consulte o site da ASEGUIM, a associação de guias de montanha do Equador.

Devo usar um mapa?

Trilha Laguna Cuicocha - Exemplo de marcação durante a trilha em volta da Laguna Cuicocha.
Exemplo de marcação durante a trilha em volta da Laguna Cuicocha.

Não. No máximo um aplicativo de mapas offline com GPS (recomendamos o Maps.me) pra se localizar em algum momento da trilha. A trilha é extremamente bem marcada e com sinalização constante durante os 14 quilômetros.

O que devo vestir? Algum equipamento especial?

É muito difícil dizer tudo que você precisa levar em uma resposta simples. Resumidamente, nada além do que você levaria para um hiking. A gente compilou um guia detalhado (para ler é só clicar aqui) pra te ajudar a levar o essencial para a trilha no Sandero Las Orquídeas.

O que levar para comer?

Tudo que você vai precisar são algumas barrinhas de cereais, frutas e um sanduíche para comer durante o hiking. Nada mais, nada menos. Leve pelo menos 2L de água, pois não existe nenhuma fonte de água na trilha para você reabastecer a garrafa.

Laguna Cuicocha x Laguna Quilotoa

Talvez você esteja se perguntando, qual lagoa devo fazer quando for ao Equador? A resposta depende do que você quer e do tempo que você tem. Se você quer uma experiência autêntica, sossegada, barata e com vistas extraordinárias, sugiro fortemente conhecer a Laguna Cuicocha. Gastamos pouquíssimo para conhecer Otavalo e a Laguna Cuicocha tem um acesso relativamente tranquilo. Alguns equatorianos vão dizer que a laguna Quilotoa é mais impressionante. Talvez seja, mas o acesso é mais complicado e se você quiser fazer um bate volta, vai ter que contratar obrigatoriamente um tour que não sai por menos de USD 50 por pessoa. Pense bem e decida (eu iria para Cuicocha… hihihihi).

E qual é o custo pra fazer a trilha na Laguna Cuicocha?

Agora que você já sabe de tudo sobre a Laguna Cuicocha e o Sandero Las Orquídeas, você deve estar se perguntando quanto custa. Fica tranquilo, não vai sair nada caro. Espere gastar algo em torno de 20 dólares com transporte público, táxi e comida (não estou considerando a compra ou aluguel de equipamentos, etc.). É uma atividade barata,  que fica pertinho de Otavalo, que vai te trazer vistas incríveis e uma experiência inesquecível.

Quer apoiar o Férias Contadas?

Você pode apoiar o nosso filho Ferias Contadas de várias formas: curtidas, comentários e compartilhamento dos posts, inscrição na newsletter e o céu é o limite (até massagem no pé tá valendo hehehe)!

CLIQUE AQUI pra saber como!

Deixar uma resposta