Última foto antes de guardar a câmera e se preocupar 100% com a subida...

Illiniza Norte – O que levar para alcançar o cume

Quer saber o que levar pro Illiniza Norte? Nesse post vamos listar tudo que você precisa levar pra chegar ao cume do Illiniza Norte...

Rumo ao cume do Illiniza Norte – O Guia Completo

Assinando a nossa newsletter, você pode baixar gratuitamente o livreto "Rumo ao cume do Illiniza Norte - Guia Completo.

Uma das tarefas mais importantes antes de se fazer um hiking ou trekking é saber o que levar dentro da mochila. Pra te ajudar, a gente preparou uma lista completa do essencial do que levar pra trilha até o cume do Illiniza Norte com o maior conforto e segurança.

A lista abaixo não é definitiva e você pode fazer alterações quando necessário. A lista de recomendações é baseada no que a gente usou durante a trilha e também nas nossas preferências pessoais quando o assunto é hiking. Muitos dos itens que a gente vai listar foram comprados no exterior, mas a gente vai te dizer uma boa alternativa que pode ser achada, por exemplo, na Decathlon.

Por fim, o mais importante de tudo é que o que você vai levar na sua mochila para fazer essa trilha seja de boa qualidade e confiável.

O que levar para o Illiniza Norte?

Se você que alcançar o cume do Illiniza Norte com segurança, a seguinte lista de equipamentos é recomendada. É preciso frisar que as consequências da não utilização dos itens listados é de sua inteira responsabilidade.

Além disso, tudo que você leva ao Illiniza Norte vai com você ao cume e desce até o estacionamento novamente. Você não pode deixar nada no refúgio, diferente, por exemplo, do Cotopaxi, que durante o ataque ao cume, você pode levar uma pequena mochila enquanto a maior fica no refúgio esperando a sua volta. Isso tudo pra dizer que por mais que a lista seja grande, tente sempre pensar no peso.

Verifique também com o seu guia ou agência quais equipamentos já estão inclusos no preço. No nosso caso, não tivemos que providencias nenhum equipamento técnico (crampões, ice axe, harness, corda, etc).

Vestimenta

1x camisa segunda pele composta de materiais sintéticos. Você vai usar principalmente para dormir no refúgio Nuevos Horizontes e talvez durante o ataque ao cume.

Veja alguns exemplos de blusas de segunda pele nos links abaixo.


1x par de calças segunda pele composta de materiais sintéticos. Você também vai usar no refúgio Nuevos Horizontes e talvez durante o ataque ao cume (se estiver muito frio).

Veja alguns exemplos de calças de segunda pele nos links abaixo.


1x camiseta Dry-Fit. Usamos uma da Quechua que é bem baratinha e cumpre com o objetivo.

Veja alguns exemplos de camisetas nos links abaixo.


1x par de calças de alpinismo. Elas são mais grossas e devem resistentes a água (chuva e neve). A gente usou as calças OR Cirque da Outdoor Research. Elas são umas das mais recomendadas para esse tipo de atividade em montanha.

Veja alguns exemplos de calças softshell/hardshell nos links abaixo.


1x fleece Polartec 100 (leve). Esse é um fleece leve, que permite uma boa transpiração sem perder a capacidade de aquecimento e que pesa muito pouco. Usei um fleece da Columbia e Gabriela um da MEC (marca de equipamentos e roupas aqui do Canadá).

Veja alguns exemplos de fleece nos links abaixo:


1x anorak a prova de água e vento, respirável, com no mínimo 2,5 camadas. Ela vai te manter seco e protegido do vento e da chuva. A gente usou a Hardshell Hydrofoil Stretch da MEC. Pertex Shield, 40-Denier e com bolsos frontais embaixo dos braços.

Veja alguns exemplos de anoraks nos links abaixo:


1x jaqueta de pena de ganço. A gente usou a Downlight Stormdown da Eddie Bauer. Ela tem um fill-power de 800 (muito bom, normalmente 650 já deixa você quentinho), o que foi o suficiente pra manter a gente quente durante a noite no refúgio Nuevos Horizontes.

Veja alguns exemplos de anoraks nos links abaixo:


1x par de luvas de lã. Você vai usar principalmente no cume.

Veja alguns exemplos de luvas nos links abaixo.


1x par de luvas do tipo mittens para o cume ou situações de frio extremo. A gente não tinha levado nenhuma e precisou! O guia emprestou as dele para Gabriela e eu tive que me virar com as minhas luvas comuns até o fim da descida.

Veja alguns exemplos de luvas de hiking no link abaixo:


1x par de meias de hiking de cano longo, ideais para botas mais altas com suporte para o tornozelo. Usamos meias da marca J.B. Field’s Super-Wool Hiker GX Socks. Elas são compostas de 74% merino wool, 20% nylon e 6% Lycra Spandex.

Veja alguns exemplos de meias de hiking nos links abaixo.


1x bandana daquelas que você pode cobrir o rosto e, ao mesmo tempo, proteger a cabeça. A trilha, principalmente nos meses de mais seca pode ficar muito empoeirada. Altitude e poeira não combinam muito. Ter algo que impeça que a poeira seja respirada é de extrema importância.


1x touca de lã convencional para usar na cabeça durante a noite no refúgio e no dia do ataque ao cume. A gente tinha daquelas dos incas, sabe? Funcionou bem!


1x Boné ou chapéu pra te proteger do sol quente. Você pode usar a bandana como protetor, mas acho interessante levar um boné, principalmente quando você precisar usar a bandana para proteger o nariz da poeira. Eu usei um boné Forclaz 500 anti UV.


Mais o básico para atividade física em dia de sol, como protetor solar, protetor labial, álcool em gel, óculos escuros, etc.

Equipamento e Acessórios

1x par de botas de trekking. Eu usei a Salomon Quest 4D 3 GTX e a Gabriela usou a La Sportiva Nucleo High GTX. O importante aqui é que ela tenha um solado antiderrapante (razões óbvias) e o cano seja alto que segure bem o seu tornozelo (pra evitar torção, principalmente em terrenos irregulares). Isso vai trazer conforto e vai impedir acidentes indesejados!

Veja alguns exemplos de botas nos links abaixo:


2x Trekking poles. Itens muito recomendados para esse trekking. Recomendo fortemente os trekking poles Black Diamond Trail Ergo Cork. Eles já vêm nos acompanhando em todos os hikings e trekkings que fazemos por aí e são excelentes. São expansivos, podendo chegar até 140 cm.

Veja alguns exemplos de trekking poles nos links abaixo:


1x mochila de no máximo 40L. O ideal é ter uma mochila com suporte pra trekking poles e que seja confortável e leve para carregar tudo durante os dois dias de atividade. A gente usou a mochila Daylite Plus 20L da Osprey e foi a conta. Mal cabia o saco de dormir, mas a gente deu um jeitinho pra caber tudo.

Veja alguns exemplos de mochilas nos links abaixo:


1x capacete de escalada. A queda de rochas é bem comum no Illiniza Norte e pode causar acidentes e em alguns casos mortes. Portanto, o uso de um capacete de proteção é obrigatório. Recomendamos o capacete Half-Dome da Black Diamond (é o que a gente usa!).

Veja alguns exemplos de capacetes nos links abaixo:


1x lanterna de cabeça com pelo menos 120 lumens. Você vai usar no refúgio e durante o ataque ao cume (começa às 3-4h da noite).

Nós levamos a Black Diamond Spot Headlamp e foi simplesmente a escolha perfeita. Seus LEDs ligados em potência máxima produzem 300 lúmens, o que é mais que suficiente para alta montanha. Ela também é a prova de água (IPX8) e tem vários modos de iluminação que podem ser úteis.

Veja alguns exemplos de lanternas de cabeça nos links abaixo.


1x harness ou cadeirinha. Se você ainda não tem, sugiro alugar diretamente com a agência. É um item que você provavelmente não vai usar com tanta frequência. Ele vai ser usado no dia do ataque ao cume.

Veja alguns exemplos de harnais nos links abaixo.


1x Mosquetão como o Petzl Attache Screw-Lock Carabiner. São recomendados mosquetões do tipo HMS. Existem agências que pedem pra você trazer e alugam caso você não tenha.

Veja alguns exemplos de mosquetões nos links abaixo.


1x saco de dormir para temperaturas de até -10 vai ser mais que o suficiente. Tenha em mente somente o peso. Opte por um saco que aqueça mais que seja leve. Isso vai te trazer conforto durante a trilha. A gente alugou os nossos e cada saco pesava quase 2 kg.

Veja alguns exemplos de sacos de dormir nos links abaixo.

Gostou do post?

Você acha que ele pode ser útil pra mais alguém? Compartilhe! E olha, o post não acaba por aqui. Estamos curiosos pra saber as suas sugestões, opiniões e dúvidas aqui embaixo nos comentários!

Quer apoiar o Férias Contadas?

Sabe aquela coisa de que você não precisa ser milionário pra ajudar os projetos que você acredita? Pois bem! É assim que a gente funciona. Você pode apoiar o nosso filho Ferias Contadas de várias formas: curtidas, comentários e compartilhamento dos posts, inscrição na newsletter, apoio financeiro e o céu é o limite (até massagem no pé tá valendo hehehe)!

Quer apoiar a gente? CLIQUE AQUI pra saber como!

Deixe um comentário!