Como usar e cuidar de um bastão de caminhada?

Como usar e cuidar de um bastão de caminhada

Primeiro de tudo, o uso de bastões de caminhada (ou trekking poles) na trilha traz inúmeros benefícios. Eles ajudam na estabilidade, no seu ritmo, como impulso extra nas subidas e como amortecedores nas descidas. Na verdade, o uso de bastões de caminhada pode ajudar a reduzir em 30% a pressão nas pernas e joelhos, e essa ajuda pode ser ainda maior se você está carregando peso. Esses são só alguns dos benefícios. 

Agora, como usar um bastão de caminhada? Qual é a maneira mais recomendada? A primeira resposta é que ninguém vai te obrigar a usar os bastões de um jeito ou de outro. O objetivo desse post é te mostrar uma forma que vai te trazer mais conforto, segurança e estabilidade durante a sua trilha. É uma dica de amigo!

Encontrando o comprimento ideal

O comprimento ideal de um bastão de caminhada vai variar de pessoa para pessoa, mas normalmente tem a ver com a sua altura. Usar bastões de caminhada não ajustados pode aumentar o cansaço dos braços, ombros, costas e pescoço, e não é isso que a gente quer que aconteça – as lembranças da trilha serão as belas vistas e a endorfina – nada de dores por aqui.

A regra do ângulo de 90° sempre funciona pra saber o tamanho ideal pro seu bastão de caminhada.
A regra do ângulo de 90° sempre funciona pra saber o tamanho ideal pro seu bastão de caminhada.

Pra determinar o comprimento dos bastões de caminhada, usa-se normalmente a regra dos 90°. Os bastões de caminhada com comprimento ideal tocarão o chão quando os seus braços estiverem num ângulo de 90° com os seus cotovelos (foto acima).

Normalmente a fabricante dos bastões vai fornecer uma tabela de correspondência entre a altura da pessoa e o comprimento recomendado para o bastão. Na dúvida, a regra dos 90° é a mais aconselhada.

Usando as alças da forma correta

Outro ponto importantíssimo a se considerar é a forma com a qual você segura a empunhadura e as alças do seu bastão de caminhada. Existem pessoas que preferem não usar as alças, achando elas um pouco restritivas. A parte ruim de não usar as alças dos bastões é que esse gesto simples pode aumentar o cansaço nas mãos e braços.

Agora se você pretende usar as alças, vamos lá! A forma mais aconselhada é passando a sua mão pela parte inferior da alça, fazendo a alça repousar confortavelmente em torno do seu pulso. Uma parte da alça ficará entre o seu punho e a empunhadura. Além de dar suporte ao seu punho e à palma da mão, evita também que você tenha alguma contusão em uma queda.

Lembro de quando pesquisei pela primeira vez sobre como usar um bastão de caminhada e cai nesse video do YouTube. Nele, você vai entender bem o porquê de usar as alças como informei acima e o perigo de usar de outra forma. Ele também vai te mostrar como usar os bastões em várias situações distintas. Vale a pena conferir!

Sempre faça limpeza e manutenção

O objetivo aqui é aumentar o tempo de vida dos seus bastões de caminhada tomando algumas precauções, como limpeza e substituição de peças danificadas. Caso o seu trekking pole seja danificado severamente, tenha rachaduras ou amassos, ou ainda pior, tenha se quebrado ao meio, recomenda-se a substituição do bastão.

Limpeza

Sempre limpe os seus bastões logo após o uso. Procure saber se o seu fabricante recomenda algum tipo específico de limpeza antes de qualquer coisa. De modo geral, para limpar é só desmontar as sessões e passar um pano úmido em cada parte ou até mesmo lavando as sessões com água. Após a limpeza, espere que as partes sequem para remontar e armazenar. Caso você guarde os seus bastões ainda molhados ou úmidos, isso pode contribuir para sua oxidação – aqueles pontos de ferrugem que podem dificultar os ajustes ou até em um estágio mais avançado apresentar corrosões. 

Substituição de peças

Caso alguma das partes precise de substituição, procure saber quais peças estão disponíveis no site do seu fabricante. Normalmente, as peças que vão exigir substituição mais frequente são a ponteira e os discos, respectivamente nessa ordem. Siga as instruções do seu fabricante quanto a vida útil das ponteiras ou a forma correta de substituição.

Devo usar óleo no meu bastão de caminhada?

A resposta direta é não. Usar óleo nas juntas ou sessões pode causar injúrias, pois, o óleo vai agir como um lubrificante e talvez as travas de segurança das sessões do seu bastão não vão ser capazes de segurar corretamente as sessões.

Olhando o manual de uso do meu trekking pole da Black Diamond (Trail Ergo Cork Trekking Poles), notei que eles recomendam usar algumas gotas de óleo. Eles falam que pingar algumas gotas nos pinos das alavancas que regulam o comprimento do bastão para facilitar o abrir e fechar da alavanca. A dica aqui é sempre olhar o manual do fabricante pra saber se pode, como e onde aplicar óleo nos seus bastões de caminhada.

QUER APOIAR O FÉRIAS CONTADAS??

Você pode apoiar o nosso filho Ferias Contadas de várias formas: curtidas, comentários e compartilhamento dos posts, inscrição na newsletter e o céu é o limite (até massagem no pé tá valendo hehehe)!

CLIQUE AQUI pra saber como!

Deixar uma resposta