Nosso roteiro pela Costa Rica


Passamos 6 dias na Costa Rica. Foi o nosso primeiro país na viagem para a América Central em 2017. Deixamos muito por fazer, admito. A Costa Rica requer muito mais dias pra aproveitar cada atração desse país maravilhoso. Confere aí embaixo um  resumo do que fizemos nesse país incrível.


Por Localidade:

  1. San José
  2. Rio Pacuare
  3. Puerto Viejo
  4. Parque Nacional Manuel Antonio

San José

Não passamos nenhum dia inteiro em San José, capital da Costa Rica. Resolvemos usá-la como hub de conexão entre outras localidades como o rio Pacuare, Puerto Viejo e o Parque Manuel Antônio.

Como chegamos

Voo de Montreal com escala na cidade do Panamá, tudo pela Copa Airlines.

Onde nos hospedamos

Ficamos hospedados no Aldea Hostel San Jose, em um quarto compartilhado. O banheiro não estava limpo e o hostel no geral era bem velho. Recomendo somente pela localização e preço acessível.

Rio Pacuare

Fechamos tudo com a agencia Exploradores Outdoors. Eles te pegam no hostel e levam para fazer o rafting. O truque aqui é pedir para ser deixado no final em outra cidade. No nosso caso, pedimos para ficar em Puerto Viejo. Pagamos cerca de 200 dólares para duas pessoas, com direito a transporte, comida e o próprio rafting. Leia mais

Puerto Viejo

Ficamos 4 dias e achamos o suficiente. Para explorar o caribe costa-riquenho, existem duas opções: ficar em Cahuita ou Puerto Viejo. Cahuita é conhecida pelo sossego. Já Puerto Viejo, pelas festas, bares e a vida ativa. Resolvemos arriscar e nos hospedamos em Puerto Viejo. Não poderíamos ter acertado mais.

Puerto Viejo, Costa Rica.

A cidade é realmente ativa, muitos restaurantes e bares e gente de todas as idades nas ruas. A cultura reggae é muito presente. Gostamos muito de lá! Além do que, Puerto Viejo fica bem localizado se você quiser usá-la como ponto de conexão para conhecer outros locais próximos como o Parque Nacional Cahuita e as praias mais ao sul.

Como chegamos

O transporte para Puerto Viejo já estava incluso no pacote de rafting pelo rio Pacuare. Sugiro fazer a mesma coisa, você ganha tempo e salva alguns dólares com isso.

Onde nos hospedamos

Ficamos hospedados no Hostel Pagalú. Esse hostel não aceita reserva. Pagamos 26 dólares por noite (o preço na alta temporada muda). Super calmo, bem localizado e bem arrumadinho. Único problema, não tinha ar-condicionado no quarto (lá faz muitoooo calor).

O que fizemos

Playa Cocles, Playa Chiquita e Punta Uva

As principais praias do caribe da Costa Rica. Pra mim a melhor foi Playa Uva. Ela é a mais distante das três, mas pra chegar nela, fomos parando em cada uma das praias intermediárias pra tirar fotos e apreciar a vista. Fizemos todo o percurso de bicicleta, que alugamos por 10 dólares em um hostel de Puerto Viejo.

Punta Uva, Costa Rica.

Jaguar Rescue Center

Se você que deixar uma pequena mais importante contribuição pra ajudar o meio ambiente, sugiro dar uma passada no Jaguar Rescue Center. Você pode até trabalhar como voluntário, cuidando dos bichos e dos afazeres do centro. O local funciona como um santuário de reabilitação da fauna local. Todo o dinheiro arrecadado vai para o cuidado dos animais. A entrada é de 20 dólares por pessoa, mas pense como uma doação. Leia mais.

Jaguar Rescue Center, Costa Rica.

Parque Nacional Cahuita

Ponto obrigatório se você vai à Costa Rica. É um daqueles lugares que reúnem tudo em um só local. Praia, mar, natureza, animais, floresta, trilhas, descanso, etc. Pagamos 5 dólares por pessoa para entrar (é facultativo). Fizemos um bate e volta de Puerto Viejo (30 minutos de ônibus cada trecho), todos com a empresa MEPE. 

Cahuita, Costa Rica.

Aproveitamos o dia na Playa Branca, entre entrar no mar (que é bem quentinho e cor azul turquesa) e ficar na sombra vendo os animais (macacos, quatis, lagartos, etc.). No final, fizemos uma trilha, ou parte dela, pra fechar o passeio com chave de ouro. 

Onde comemos

Todos os restaurantes que visitamos foram escolhidos através do TripAdvisor. Eles são:

  • Café Rico
  • Sobre las Olas
  • Madre Tierra
  • Como en mi Casa Art Café
  • Lidia’s Place
  • Bread & Chocolate

Parque Nacional Manuel Antônio

O menor parque nacional da Costa Rica, é também o mais visitado, e posso dizer, um dos mais lindos que visitamos. O Parque Nacional Manuel Antônio vai te surpreender em vários aspectos. Cada praia guarda suas próprias características, animais e plantas. A sua praia principal, Manuel Antônio, é perfeita para um banho de mar. Lá, você vai também poder fazer alguns esportes radicais, ver cachoeiras e desfrutar da natureza a todo minuto.

Parque Nacional Manuel Antônio, Costa Rica.

Como chegamos

Saímos de Puerto Viejo de manhãzinha com destino à San José. Usamos a companhia Mepe. A viagem durou cerca de 4 horas. Chegamos no terminal da empresa em San José e logo pegamos um táxi para o terminal da outra empresa, Tracopa, que nos levaria ao Parque Manuel Antônio. Novamente umas 4 horas de viagem. Todos os ônibus eram novos e super confortáveis.

Onde nos hospedamos

Ficamos hospedados no Hostel Plinio. Super recomendo esse lugar. Fica bem no meio entre Quepos e Manuel Antônio com parada de ônibus bem na porta. Pagamos uma bagatela por uma noite em uma suite super chique com café da manhã incluso.

Conclusão sobre a Costa Rica

Definitivamente um país que vamos voltar um dia, nem que seja para passar uma semaninha. A Costa Rica nos surpreendeu muito. Possui uma excelente estrutura turística, é seguro, comida deliciosa e natureza por toda a parte. A Costa Rica deixou saudades!

O que você achou?

Adoraria saber sua opinião, sugestões e perguntas nos comentários abaixo.

Oi, me chamo Marcos Amaral

Viajar pra mim sempre foi mais do que somente ir para outro lugar, tirar fotos ou contar o número de países que já visitei. Pra mim, viajar é viver experiências, sentir sensações únicas. Adoro escrever sobre elas. Mais do que um relato, tento traduzir o que vivi pra fazer você viajar comigo. Sou casado com a Gabriela e hoje, viajamos pelo mundo em busca de experiências únicas.

4 Replies to “Nosso roteiro pela Costa Rica

  1. Oi! Adorei as dicas!! Em que época do ano vocês foram?
    Vou pra Costa Rica em Fevereiro 2019 (alta temporada) passar 13 dias!
    Esse é o primeiro blog que vejo falando bem dos ônibus de lá! Será que foram os trechos ou a estrutura de transporte melhorou nos últimos anos?
    Pela logística (não vou alugar carro) pensei em cortar a costa caribenha do meu roteiro e visitar só as praias do Pacífico, vocês acham que as praias do Caribe são indispensáveis?

    1. Oi Gabriela.

      Primeiramente, valeu pelo feedback!

      Nós fomos no finalzinho de Setembro (2017) pra Costa Rica. Posso falar da estrutura que usamos entre San José e Puerto Viejo e entre San José e Quepos (Manuel Antonio). Foi 100%! Não tivemos nenhum problema e as viagens foram super tranquilas. Não espere um transporte de primeiro mundo, mas comparado com alguns que já usamos na América Latina, o da Costa Rica ficou entre os melhores.

      Minha opinião sincera sobre as praias… eu amei Puerto Viejo. O lugar tem uma vibe difícil de explicar. É uma cidadezinha pequena, cheia de vida, com bons restaurantes, música, e belas praias… A que mais gostamos foi Punta Uva, é um verdadeiro paraíso. De lá você pode conhecer tudo de ônibus ou de bicicleta (Parque Cahuita, praias, reservas ecológicas, etc.).

      No pácifico, fomos somente no Parque Manuel Antonio e foi também um paraíso! Dá pra aproveitar o parque tranquilamente em um dia (foi o que fizemos – Manuel Antonio).

      Então, eu diria pra você conhecer os dois. Hihihihi

      O que mais você tá planejando fazer por lá?

      Grande abraço. Marcos

  2. Amei o relato de vcs e vou reler com mais calma. Planejando ir pra Costa Rica em Setembro eu, meu marido e nossa filha que estarácom 1 ano e 9 meses. Vc tem dicas de rolês que possamos fazer com ela? Ela ta adaptada a trilhas leves (sempre amarrada no sling), praias e etc.. Queria tb uma prévia ao de custos e lugares child friendly pra nós hospedar. Nem todo hostel é compatível com bebes ne? Obrigada desde já.

    1. Oi Thaty. Valeu pelo comentário primeiramente.

      Setembro e Outubro são os meses perfeitos para o caribe da Costa Rica (Puerto Viejo). São os dias com menos chuva e bem quentes. Foi nessa época que fomos e tivemos dias perfeitos com muito sol e calor.

      Se você busca mais sossego, eu diria que você pode se hospedar em Cahuita, uma vila perto de Puerto Viejo (30 minutos) bem calma. Tem o parque Cahuita que fica perto dali que é bem família, água mansa e quente, e ainda tem uma trilha bem legal pra fazer por lá.

      Puerto Viejo também é bem família, pelo menos não achei nada bagunçado. Os hosteis são simples, mas vale a pena. Recomendo ficar no que ficamos, o Hostel Pagalú. Tem quarto privado e são bem confortáveis. O único problema é que não tem ar condicionado :(. Lá tem várias praias muito boas e tem um centro de recuperação de animais que vocês iam adorar visitar (é tipo um zoo mas que recupera os animais para a natureza, portanto, um belo passeio pra sua filha!).

      Outra atividade que fizemos e que é sem dúvida boa pra todas as idades é o Parque Manuel Antonio, no pacífico. Eh bem pequeno, tem trilhas leves, e dá pra conhecer em um dia. As praias de lá são lindas!!!!!

      Outras partes mais família que eu diria é ficar em um hotel perto do vulcão Arenal. Tem várias termas (águas termais) na região e dá pra ficar relaxando por lá. Tem também as várias reservas ecológicas espalhadas pelo país (dá uma olhada na Reserva Florestal Monteverde Cloud).

      Espero que tenha ajudado.

      Grande abraço!

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *