Nosso Roteiro pelo Equador – Ilhas Galápagos

Ah Galápagos! Famosa pela teoria da evolução de Charles Darwin, hoje é muito mais do que isso. Nos últimos anos, as ilhas vem recebendo cada vez mais turistas de todo o mundo, em busca das mais variadas atrações que as ilhas oferecem: cruzeiros luxuosos, mergulhos, observação dos animais e plantas, trilhas por vulcões ativos e descanso em praias paradisíacas. Difícil de acreditar que um lugar como esse existe. Gostou do aperitivo? Então dá uma olhada no que fizemos por lá durante a nossa visita.

Leia mais

Galápagos – Visitar, mas a qual custo?

Demorei bastante para escrever sobre a nossa passagem por Galápagos. Acho que eu ainda não tinha entendido como tinha sido a nossa experiência por lá. E pra falar a verdade, eu ainda não sei como explicar. É uma mistura de sensações contraditórias. Essa contradição é devido principalmente ao custo de se visitar as ilhas. Lugar único para se visitar no mundo, mas a qual custo?

Leia mais

Galápagos – Dicas para economizar na sua viagem

Experiencia prática vale mais do que 1000 posts. Mais um post com toda a experiência que tivemos em Galápagos e com dicas de como economizar nesse paraíso equatoriano, aí sim, vale ainda mais. Nesse post vou tentar te ajudar a realizar o seu sonho de visitar as ilhas, mais da forma mais econômica e com o conforto merecido.

Leia mais

Nosso Roteiro pelo Equador – Quito e arredores

O nosso principal objetivo em visitar o Equador era subir o Cotopaxi. Para isso, planejamos um programa de aclimatação que é extremamente recomendado para aumentar o sucesso e diminuir as chances de ter o famoso mal de altitude. Quito foi escolhida como a nossa cidade base. Ponto de partida de todos os nossos hikings e subidas. Nos tempos livres, tentamos conhecer o que Quito tem de melhor. Dá uma olhada como foi.

Leia mais

Vulcão Cotopaxi – O que levar para subir ao cume

Nosso maior desafio até agora - Cume do Cotopaxi.

O Cotopaxi é uma alta montanha com 5897 metros de altura. Seu cume é coberto por neve pouco importa a época do ano e as condições climáticas podem variar drasticamente de um instante ao outro. Além disso, para esse tipo de montanha, vários equipamentos são necessários e sem eles, é praticamente impossível e eu diria irresponsável de se tentar a subida ao cume.

Leia mais

Vulcão Cotopaxi – A subida ao refúgio José Ribas

Estava doente. A garganta havia piorado bastante desde o cume do Iliniza Norte. Fazia mais frio do que o esperado e o corpo já mostrava os sinais do cansaço. A gripe só se aproveitou e me pegou de vez. Dormi nesse dia pensando qual seria a desculpa para dizer ao guia. Que não poderia subir ao Cotopaxi por isso ou por aquilo. Minha vida estava em jogo. Como posso escalar uma montanha de 5897 metros resfriado e sem estar 100% fisicamente. Isso ficou na minha cabeça.

Leia mais

Iliniza Norte – O ataque ao cume

Era hora do ataque ao cume do Iliniza Norte. 4h da manhã e começamos os preparativos. Colocamos as roupas, camada por camada, capacetes, lanternas e tudo que era necessário e nos sentamos na mesa para tomar café da manhã. O café foi básico mas bem potente. Aveia com iogurte, pão e café bem forte. Saímos bem alimentados e prontos para as próximas 6 horas de caminhada.

Leia mais